img

Pe. Leudes Aparecido de Paula

Leudes Aparecido de Paula nasceu em Salmourão, São Paulo, aos 8 de janeiro de 1972. Filho de Alcides de Paula e Isabel Duarte de Paula, é o filho mais velho, tendo duas irmãs: Luciana e Lucimara. Estudou o 1º e 2º graus em Salmourão. Abraçou a vocação para a vida sacerdotal muito jovem. No ano de 1990 entrou para o Seminário Diocesano de Marília (SP). Após discernimento vocacional para a vida religiosa Passionista, ingressou no Seminário Passionista em Osasco (SP), no ano de 1994. Cursou Filosofia em Marília (1991 a 1993); fez o noviciado em Belo Horizonte (MG), no ano de 1996 e cursou Teologia em São Paulo (1994-1998). Fez os votos Perpétuos na Congregação Passionista no ano de 1999 e, neste mesmo ano, foi ordenado presbítero no dia 18 de outubro na cidade de Osvaldo Cruz (SP). Seu lema sacerdotal é: “Por vós eu me consagro, a fim de que também vós sejais consagrados na Verdade” (Jo 15). Foi formador e vigário paroquial em Osvaldo Cruz nos anos de 1999 a 2001; formador e vigário paroquial em Guaraituba, Colombo, do ano 2002 a 2003 e formador em João Pessoa (PB) de 2004 a 2005; pároco na Paróquia N. S. do Rosário, em Colombo, de 2006 a 2013. Em 2014 assumiu como pároco na Paróquia Senhor Bom Jesus do Cabral, em Curitiba, e atualmente é membro do Conselho Provincial da Província do Calvário com sede em São Paulo.

img

Pe. Domingos Manara

Pe. Domingos Manara, nasceu em Pinto Bandeira, antigo distrito de Bento Gonçalves, RS, hoje município, no dia 19 de janeiro de 1941. Filho de Antônio Manara e Madalena Marini Manara, estudou o 1º grau em Pinto Bandeira e o 2º grau em Osasco, SP. Em 1962, fez o noviciado em Colombo, PR. No ano seguinte veio para Curitiba cursar faculdade de filosofia. Em 1965, foi para São Paulo onde fez faculdade de teologia. Foi ordenado sacerdote em Pinto Bandeira, no dia 21 de dezembro de 1969, optando pelo lema: “Escolhido para anunciar o Evangelho”. Exerceu diversas atividades em vários ligares: de 1970 a 1972, em Colombo, como vigário paroquial e formador. De 1973 a 1974 fez parte da equipe missionária, em Caxias do Sul, RS. De 1976 a 1978 pároco do Cabral, Curitiba, PR. De 1979 a 1984, pároco em Osvaldo Cruz, SP. De 1985 a 1987, pároco em Santa Cecília, SC. De 1988 a 1992, pároco da paróquia do Calvário, SP e membro do Conselho Provincial. De 1994 a 2001, pároco em Pinto Bandeira, RS. De 2002 a 2005 vigário paroquial em Itaboraí, RJ. De 2006 a 2009, vigário paroquial no Calvário, SP. De 2010 até o presente, vigário paroquial no Cabral, Curitiba.

img

Pe. Jairo Dall’Alba CP

Padre Jairo Dall’Alba CP, nasceu em 9 de janeiro de 1949, em Ana Rech, Caxias do Sul (RS). Ao completar 13 anos ingressou no Seminário São Paulo da Cruz, em Forqueta (RS), depois Osasco e São Carlos onde completou o segundo grau. Em 1968 fez o Noviciado em Pinto Bandeira (RS). Em 1972 concluiu filosofia na Universidade Católica do Paraná e em 1976, Teologia no StudiumTheologicum (Claretiano) de Curitiba. Ordenado aos 9 de janeiro de 1977 na Igreja de Nossa Sra. De Caravaggio de Ana Rech. Seu lema sacerdotal é o de: “Ser semeador e semear a boa semente. (Mt 13).
Logo dedicou-se à missão de pastor junto aos peregrinos do Santuário de Jesus Crucificado, em Porto de Caixas, Arquidiocese de Niterói, e, mais tarde, nas Paróquias de Santa Cecília (SC) e São Carlos (SP), nas paróquias Nossa Sra. Do Carmo e São Sebastião. Nos anos de 1990/1992, fez mestrado em Teologia com especialização em Espiritualidade, no Pontifício Instituto Theresianum, quando apresentou a tese: A Imagem de Deus Ultrajada, alcançando grau máximo – Summa cum Laude.
Durante 20 anos se fez presente no Sistema Globo de Rádio com a oração da Ave-Maria no horário das 18h, às 6h da manhã com uma mensagem diária “do Seu Amigo de Fé” e ao meio dia na rádio Clube de São Carlos (SP). Dedicou-se também na orientação de retiros, celebrações, movimentos eclesiais entre outros. Publicou vários CDs como Sementes do Reino, as últimas 24 horas de Jesus Cristo e Salmos em Prece.
Há mais de 20 anos coordena de um modo pessoal, verdadeiro e sincero o de viver o mandamento de Amor ao Próximo. Contemplando tanta carência, dores, sofrimentos e misérias dos irmãos crucificados com Cristo, reuniu pessoas para concretizar o mandamento num compromisso que desafia aquela fé que ilumina a ação: “Crer com as mãos”. Crer com as mãos é estar ao lado dos que sofrem. Atualmente faz parte da Comunidade Religiosa Passionista, da Paróquia do Senhor Bom Jesus do Cabral.